Bendizei ao Senhor, todas as suas obras, em todos os lugares do seu domínio; bendize, ó minha alma, ao Senhor. Salmos 103:22

terça-feira, 4 de março de 2014

O Pequeno Príncipe em feltro: Imagens e Frases

Fiz algumas edições usando as fotos que tirei dos personagens do Pequeno Príncipe, junto com as frases do livro. Afinal, como resistir a este personagem tão fofinho e a esta história tão emocionante? rs

 
 
Sinta-se à vontade para salvar e compartilhar as imagens, mas por favor não retire a minha assinatura (o nome do blog) de nenhuma imagem, certo?...obrigada!! ^^




---

Os personagens são modelos que podem ser encomendados.
Para ver mais fotos deles, clique AQUI.

Para mais detalhes e encomendas, 
entre em contato: contato@knanda-artes.com

---

Um pouco mais sobre o livro...

O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry


O Pequeno Príncipe foi escrito e ilustrado por Antoine de Saint-Exupéry um ano antes de sua morte, em 1944. Piloto de avião durante a Segunda Grande Guerra, o autor se fez o narrador da história, que começa com uma aventura vivida no deserto depois de uma pane no meio do Saara. Certa manhã, é acordado pelo Pequeno Príncipe, que lhe pede: "Desenha-me um carneiro"? É aí que começa o relato das fantasias de uma criança como as outras, que questiona as coisas mais simples da vida com pureza e ingenuidade. O principezinho havia deixado seu pequeno planeta, onde vivia apenas com uma rosa vaidosa e orgulhosa. Em suas andanças pela Galáxia, conheceu uma série de personagens inusitados – talvez não tão inusitados para as crianças!

Um rei pensava que todos eram seus súditos, apesar de não haver ninguém por perto. Um homem de negócios se dizia muito sério e ocupado, mas não tinha tempo para sonhar. Um bêbado bebia para esquecer a vergonha que sentia por beber. Um geógrafo se dizia sábio mas não sabia nada da geografia do seu próprio país. Assim, cada personagem mostra o quanto as “pessoas grandes” se preocupam com coisas inúteis e não dão valor ao que merece. Isso tudo pode ser traduzido por uma frase da raposa, personagem que ensina ao menino de cabelos dourados o segredo do amor: “Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos”.

Antoine de Saint-Exupéry via os adultos como pessoas incapazes de entender o sentido da vida, pois haviam deixado de ser a criança que um dia foram. Entendia que é difícil para os adultos (os quais considerava seres estranhos) compreender toda a sabedoria de uma criança.

Desta fábula foram feitos filmes, desenhos animados, além de adaptações. Muitos adultos até hoje se emocionam ao lembrar do livro. Talvez porque tenham se tornado “gente grande” sem esquecer de que um dia foram crianças.



5 comentários:

  1. Uau que lindo! Esse é dos meus livros preferidos, que ganhei na infância da minha professora!
    Maravilhosas as peças e as fotos!
    Tb sou BU e adorei conhecer e seguir seu blog!
    Fica aqui o convite para visitar o meu, beijos!
    Mari

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari, obrigada! ^^
      Este livro é muito bom mesmo, também gosto!
      Já estou te seguindo, bjos

      Excluir
  2. Que lindo o seu pequeno Príncipe!!!!!!!!
    Eu também adoro o molde lindo que a Carine Calé nos deu de presente.
    Bjos.
    Karen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karen!! Obrigada ^^
      Também adorei este molde da Carine Calé! Muito lindinho!!
      Bjos

      Excluir
  3. Que lindo! amo a história do pequeno principe...
    Vem me visitar!
    http://pontodecruzdapaty.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá!! Agradeço pela visita e pelo comentário!
Volte sempre para conferir as novidades! ^^